Pois é

17 de jun de 2009

Tinha prometido para mim que não me preocuparia com coisas pequenas, com pessoas pequenas. Mas sabe quando seu nível de tolerância chega num limite que praticamente tu se sente OBRIGADO a tomar uma decisão?! Como eu disse, tinha prometido que essas coisas não valem a pena, bobagem. O caso é que, eu estou no meu limite mental com algumas pessoas e situações. Tipo que a pessoa pode dizer: "nossa, tô com sede". E eu penso: "que imbecil, tá com sede, como é imbecil". Sim, já passou do limite do racional. Aliás, racionalidade nunca foi meu forte, mas enfim, as pessoas acham que eu sou muito intolerante, eu não discuto, não mesmo. Não me acho intolerante, aliás, me acho muito paciente. Me basta, ser paciente inclusive com quem não me entende.

Talvez seja a faculdade, talvez seja o trabalho, ou eu mesmo. Não tô com crise existencial, nem [sic] dramando nada. Não quero me fazer de coitado ou incompreendido. Não quero amigos por conveniência, nem gente paunocu. Só quero dizer que o dia de hoje foi difícil, os dias estão sendo difíceis, mas eu vou levando, pq tem gente levando muito melhor, e se os outros conseguem, foda-se, eu consigo.

0 comentários: