Mão no peito, hora do Hino Nacional!

30 de ago de 2009
Olá gente bunitapacaramba! Odeio ficar postando vídeo atrás de vídeo. Mas esse tenho que!
Trata-se da Vanusa cantando o hino nacional na Assembléia Legislativa. Gente, é de uma vergonha alheia incrível. Ela já explicou que foi uma reação dos remédios q ela tomou para labirintite. Mas eu prefico acreditar que foi cachaça mesmo!



Bom, ela tá entrando com um processo para que todos os vídeos sejam retirados da internet. Caso esse já não esteja disponível é só clicar aqui, ou procurar no youtube como Vanusa hino nacional.

Cara de Cocota...

28 de ago de 2009

Leona, parte III- A Aliança do Mal

18 de ago de 2009
Vazou. Taí a nova saga de Leona, a assassina vingativa. Ela quer mi acabá cá vida de todo mundo.

Rancor define!

16 de ago de 2009
Olha gente, primeiro quero deixar claro aqui que o nome do post foi só uma para fazer uma gracinha. Pq não, não sou muito rancoroso. Tá, talvez eu seja, mas dessa vez realmente é só de brincadeirinha. Bom, deixa eu contar aqui o que aconteceu sexta.

Então, sexta-feira foi a Chopada universitária. Tipos que era open bar, e se tem open bar é para o nível descer mesmo, di cum força. E claro, desceu.

Entre uma canecada de chope e outra. Encontro quem? Uma menina que me deu um fora fenomenal há 3 anos atrás. Sim, ela me recusou uma dança numa festa. Como bêbado só consegue lembrar de coisas ruins e constrangedoras, lá fui eu...

-Ooooi.
-Aaa, olá!
-Dança comigo? TU ME DEVE ISSO.
-Oi?
-Aaaaa, não lembra que há 3 anos atras tu me negou uma dança?
-Aaaaaa, é verdade, mas é que nesse dia n tava mto bem...
-Não importa, tu dança comigo AGORA.

Catei a menina e dançamos, dançamos, dançamos... Depois fiz um drama king e fiquei me fazendo de coitado para aquilo doer na medula dela. Não sei se funcionou, mas contava do fora para o povo, na frente dela só para ver a cara de reprovação para com ela! Consegui mais algumas danças com isso! Dela e das outras que se compadeceram da situação!

Bom, nessa mesma noite eu cismei que queria ir embora. Na chuva. Sozinho. Mas daí encontrei alguém tão bêbado como eu. Talvez ela estivesse um pouco pior, é verdade. Voltamos cantando, chutando poça. Foi mágico.

Experiência de quase morte!

14 de ago de 2009
O Brasil quase perde um grande cidadão, uma pessoa de bem, um ser fantástico. Tô falando de mim, caso alguém não tenha percebido. Bom, a questão foi a seguinte...

Essa semana saí apressado do trabalho e me deu aquela vontade de comer um acarajé, me permiti, pq eu posso chegar atrasado em casa, mas não me nego um acarajé. Daí que eu to lá apressando a mulher: Vai minha fia, coloca pimenta, mais, mais, mais.

O potinho abriu um pouco no lado. Resultado? Derramou pimenta demais no acarajé. Eu cego, estrábico e vesgo não percebi. E pensei, foda-se, vai assim mesmo e dei ok p ela continuar a preparar o tal.

Saí de la feliz da vida e fui pela rua menos movimentada. Na verdade, quase deserta.

Tõ la comendo quando chega bem na parte da pimenta. Primeiro senti uma ardência na boca, na real, senti uma anestesiada na boca e a garganta inchando. Eu me descontrolando, pq manter a calma não é meu forte. É SÉRIO, AQUILO TAVA TAPANDO MINHA GARGANTA. Eu não conseguia respirar, nem ia p tras, nem p frente, as lágrimas escorriam involuntariamente. Desespero, desespero, vi toda minha vida passando por mim. Vi as oportunidades perdidas, os sonhos perdidos, os, os... dhfjsdhfsdjkfhkjdhfjksdh... Desentalou...

Não lembro se o treco foi p frente ou p tras. Sei que desentalou. Encostei na parede. Suado, chorando, respirando calmamente. Segui para casa. Transtornado e rouco.

Ainda bem que não foi o suficiente para traumatizar. Já comi acarajé ontem novamente. Meu estômago não agradece!

Beijos, Brasil. Tô VIVÃO.

ViDa LoKa UhULL

12 de ago de 2009
Gente, acho que poucas coisas na minha vida me fizeram ter tanta vergonha como esse vídeo. Gente, na boa, deve ser piada, TEM QUE SER PIADA. Porque não é possível que exista essas coisas no mundo, não sem seR de propósito.

Sério, chorando sangue de vergonha alheia. CHORANDO SANGUE.



Drogas, tô fora. Saí pra comprar.

Dica da @akessii

Utilidade Pública!

8 de ago de 2009

Nunca, absolutamente NUNCA coma um pastel frito na hora sem antes fazer um furo para o vapor quente sair. Tu pode acabar com uma queimadura no canto da boca que irá doer por pelo menos umas 2 semanas e contando.

*

Quando estiver bêbado NUNCA garanta nada. Por mais certo que possa parecer, apenas levante os ombros e responda "sei lá". Isso irá te privar de um constrangimento futuro quando perceber que o que tu afirmou com total certeza, estava errado. O pior é quando esse futuro é logo depois que o álcool vai passando o efeito e uma desculpa rápida tem que ser criada. 

*

Não dê 51 para os calouros e deixe para tomar só vinho pq aquela porra do 51 é álcool puro e pega rápido. Vinho em grandes proporções também. Ficadica.

Conecades- Segundo Dia

4 de ago de 2009

Well, well, well. Segundo dia foi bagaceira também. Claro. Acordar de ressaca, correr para tomar café da manhã que só era servido até às 10:00 hrs. E depois... Bom, depois palestra, quem guenta?

Bom, a sorte é que a palestra era da incrível Leila Navarro, quem não conhece procura no youtube, a mulher é fodona, chegou cheia de plumas, dançando "man! I fell like a woman", catou um baiano da 1ª fila e tascou um beijão. Quando fomos passar o cartão que contabilizava as horas... SURPRESA... a máquina estava que-bra-da e TODO MUNDO ganharia todas as horas daquele dia. Eu quase tenho uma síncope de tanto gosto, não ia precisar assistir palestra mais nenhuma. Um gozo.

Fui almoçar num mini-shopping que tinha por perto e gente, na boa, na boa mesmo, bora cabá quesse negóço de colocar alho em tudoquantecoisa. Se bobear tinha alho até no refrigerante, qqfoi? O Espírito Santo descobriu o alho esse ano? Superemos.

À tarde eu não lembro, acho que fui ao parque aquático. É, fui sim, fui, fui. Fiquei pouco tempo por lá, não tenho muita paciencia para nadar, nadar, escorregar aqui, alí enquanto tanta coisa acontece. Cheguei no meu quarto e tinha um carinha da minha delegação deitado na minha cama, olhando umas fotos no notebook de um amigo. Detalhe: Ele estava todo molhado, consequentemente, minha cama tava toda molhada. Nossa, fúria tomou conta de mim, coloquei ele pra fora gritando que ele procurasse um jeito de secar aquelaporra, secador, ferro de passar, assoprando, whatever.

Bom, siacalmei e fui me arrumar para a chopada. Sim, teria chopada novamente. Dessa eu só lembro do que tem nas fotos e que a sandália de uma amiga arrebentou bem no começo e eu muito solidário dei minhas havaianas amarelas para ela. Fiquei descalço e até hoje não entendo como não peguei um bicho de pé alí. Ficou monstruoso. 

Correria novamente, festa da Paz, Brasil em paz, sei lá. Sei que geral tinha que se vestir de branco, tipo chamada de fim de ano da Globo, manja?

Pega o transporte e parte para a Pedreira. Tá lá geral no clima "hoje é o novo dia, de um novo tempo que começou..." daí começa Banda Eva. O cara é muito foda, quando ele abre a boca pra cantar a chuva safadeeenha começa a cair, só para deixar geral com frio, pq assim que a primeira música acabou, né que parou?! Gente. Eu fingia que era de todos os estados e gritava e aplaudia sempre que alguém no palco mandava um abraço, para sei lá, pro Acre, e olha que o Acre no ecsiste.

[gente, deixa eu fazer um parentese aqui. Quase que tenho um treco aqui. Sem querer coloquei a página para atualizar e SUMIU TUDO. Só depois do breve momento de desespero lembrei que fica salvo nos rascunhos. Ai, tô bem agora, beijos, continuando.]

Bom. Desculpa a falta de detalhes, mas é que EUNAOLEMBROMESMO. Fui embora mó tardão, a roupa que um dia foi branca, hoje já não serve mais para nada. Mas valeu a pena, ê ê.