Rancor define!

16 de ago de 2009
Olha gente, primeiro quero deixar claro aqui que o nome do post foi só uma para fazer uma gracinha. Pq não, não sou muito rancoroso. Tá, talvez eu seja, mas dessa vez realmente é só de brincadeirinha. Bom, deixa eu contar aqui o que aconteceu sexta.

Então, sexta-feira foi a Chopada universitária. Tipos que era open bar, e se tem open bar é para o nível descer mesmo, di cum força. E claro, desceu.

Entre uma canecada de chope e outra. Encontro quem? Uma menina que me deu um fora fenomenal há 3 anos atrás. Sim, ela me recusou uma dança numa festa. Como bêbado só consegue lembrar de coisas ruins e constrangedoras, lá fui eu...

-Ooooi.
-Aaa, olá!
-Dança comigo? TU ME DEVE ISSO.
-Oi?
-Aaaaa, não lembra que há 3 anos atras tu me negou uma dança?
-Aaaaaa, é verdade, mas é que nesse dia n tava mto bem...
-Não importa, tu dança comigo AGORA.

Catei a menina e dançamos, dançamos, dançamos... Depois fiz um drama king e fiquei me fazendo de coitado para aquilo doer na medula dela. Não sei se funcionou, mas contava do fora para o povo, na frente dela só para ver a cara de reprovação para com ela! Consegui mais algumas danças com isso! Dela e das outras que se compadeceram da situação!

Bom, nessa mesma noite eu cismei que queria ir embora. Na chuva. Sozinho. Mas daí encontrei alguém tão bêbado como eu. Talvez ela estivesse um pouco pior, é verdade. Voltamos cantando, chutando poça. Foi mágico.

2 comentários:

. A garota do cabelo vermelho . disse...

se o reginho dança eu danço :)

muy safada a sua tática de pegar as meninas pra dançar, hein?hahaha. atóron seu perigo.

beijo

André disse...

q causo bonitinho.