Conecades- Segundo Dia

4 de ago de 2009

Well, well, well. Segundo dia foi bagaceira também. Claro. Acordar de ressaca, correr para tomar café da manhã que só era servido até às 10:00 hrs. E depois... Bom, depois palestra, quem guenta?

Bom, a sorte é que a palestra era da incrível Leila Navarro, quem não conhece procura no youtube, a mulher é fodona, chegou cheia de plumas, dançando "man! I fell like a woman", catou um baiano da 1ª fila e tascou um beijão. Quando fomos passar o cartão que contabilizava as horas... SURPRESA... a máquina estava que-bra-da e TODO MUNDO ganharia todas as horas daquele dia. Eu quase tenho uma síncope de tanto gosto, não ia precisar assistir palestra mais nenhuma. Um gozo.

Fui almoçar num mini-shopping que tinha por perto e gente, na boa, na boa mesmo, bora cabá quesse negóço de colocar alho em tudoquantecoisa. Se bobear tinha alho até no refrigerante, qqfoi? O Espírito Santo descobriu o alho esse ano? Superemos.

À tarde eu não lembro, acho que fui ao parque aquático. É, fui sim, fui, fui. Fiquei pouco tempo por lá, não tenho muita paciencia para nadar, nadar, escorregar aqui, alí enquanto tanta coisa acontece. Cheguei no meu quarto e tinha um carinha da minha delegação deitado na minha cama, olhando umas fotos no notebook de um amigo. Detalhe: Ele estava todo molhado, consequentemente, minha cama tava toda molhada. Nossa, fúria tomou conta de mim, coloquei ele pra fora gritando que ele procurasse um jeito de secar aquelaporra, secador, ferro de passar, assoprando, whatever.

Bom, siacalmei e fui me arrumar para a chopada. Sim, teria chopada novamente. Dessa eu só lembro do que tem nas fotos e que a sandália de uma amiga arrebentou bem no começo e eu muito solidário dei minhas havaianas amarelas para ela. Fiquei descalço e até hoje não entendo como não peguei um bicho de pé alí. Ficou monstruoso. 

Correria novamente, festa da Paz, Brasil em paz, sei lá. Sei que geral tinha que se vestir de branco, tipo chamada de fim de ano da Globo, manja?

Pega o transporte e parte para a Pedreira. Tá lá geral no clima "hoje é o novo dia, de um novo tempo que começou..." daí começa Banda Eva. O cara é muito foda, quando ele abre a boca pra cantar a chuva safadeeenha começa a cair, só para deixar geral com frio, pq assim que a primeira música acabou, né que parou?! Gente. Eu fingia que era de todos os estados e gritava e aplaudia sempre que alguém no palco mandava um abraço, para sei lá, pro Acre, e olha que o Acre no ecsiste.

[gente, deixa eu fazer um parentese aqui. Quase que tenho um treco aqui. Sem querer coloquei a página para atualizar e SUMIU TUDO. Só depois do breve momento de desespero lembrei que fica salvo nos rascunhos. Ai, tô bem agora, beijos, continuando.]

Bom. Desculpa a falta de detalhes, mas é que EUNAOLEMBROMESMO. Fui embora mó tardão, a roupa que um dia foi branca, hoje já não serve mais para nada. Mas valeu a pena, ê ê.

5 comentários:

Rafaah disse...

Depois de ter ficado muito "sóbria" na primeira chopada, eu peguei leve na segunda, mas oi? Choveu?? choveu mesmo ??
eu só sei que se o conecades fosse hoje, a gripe suína tinha se alastrado pelo país inteiro HAHAHAH

Rafaah disse...

twitter.com/rafaela_bravim

Erre disse...

hahaha. Meu, choveu na primeira música, somente nela!

André disse...

td vale a pena qdo a alma n eh pequena. hahahaha

Isabelle disse...

kkkkkkkkkk...esse dia foi maaara, aliás toooooooodos!

Sim, obrigada meu amigo solidário por ter me emprestado suas havaianas e ficar pisando naqle chão nojento pacas cheio de chop e outras coisas que nem imaginamos!