nadamaismelembro

15 de jul de 2008
Sabe quando tu passa por uma pessoa, ela fala com vc, te pára, pergunta da sua vida, diz q tava com saudades... mas a única lembrança que tu tem dela é uma vaga imagem entre um copo de vinho e uma [tá, várias] dose de tequila!

Morro de medo de amnésia alcoolica, morro! Mas acontece, e tem horas que até é bom acontecer mesmo! O problema é essas saias justas que tu tem que passar depois... Tipos seu alguém chega pra tu e diz: "rapaz, que cabruncodapexte foi aquilo de ontem?", "menino, e tu tava cumdemonionocorpo é?"

Tu sorri, faz uma cara de "é, então, pois é"... e segue! Porque dessas coisas quase todo mundo passa, e quem não passa perde muito da vida [tento me convencer disso até hoje].

Vou reconstituir um diálogo que tive à pouco na rua:

-Ói eeeele!
-Hum? Oi!
-Cadê, chegou que hora?!
-Oi? De onde? [cara de "fia, tô te dando bola pq tu é bonita mas eu não te conheço]
-Da festa... oxe, foi só pra casa?
-Aaaaaa sim, fui... cheguei 05:10 em casa
-Uia, tardão...
-É, foi...
-Tchau viu... beijo... qualquer dia a gente se encontra... vamo marcar!
-Vamo, vamo sim... tchau xero!

Gente... quem é essa pessoa?! Mas é boinha, eu pegava!

1 comentários:

Tamires disse...

se é q não pegou, neam?!