então é natal

19 de nov de 2008
E o natal tá chegando, batendo na porta. Aí começa a avalanche de amigos secretos, reuniões, festas. Assim, até gosto, gosto de verdade. Mas é que rola muita hipocrisia, muito mimimi, daí que geral se abraça e troca votos de amizade e respeito eterno. Bom, mas isso só dura até o ano novo, pq aí chega 1º de janeiro e vc decide enfim mudar de vida e se vingar de todos que te passaram a perna no ano passado, que não vai mais ser aquela pessoa tolinha e tal.
É muita contradição, é muita bobagem, é muito paga-pau. Eu por exemplo adoro Natal pq tem muita comida boa. Claro, tem a questão de nascimento de Jesus, mas isso é uma coisa interna, tu não precisa ser falso e fingir que adora geral, acho até mais baixo. Reveillon, adoro o reveillon pq tem champanha[champanha ou champanhe?]. Bom, adoooooro.
Aí começa o ano, aí tu vai em stand by, empurrando com a barriga jurando que depois do carnaval tudo vai mudar, mas aí passa o carnaval e tu tá que-bra-do, bolso liso e começa a amaldicoar o ano todo novamente.
Pois é negada, isso é vida?!

0 comentários: