9 de jul de 2009

Tô com uma dor de cabeça terrível. Não, não é ressaca mal curada da festa, que por sinal foi boa. Começou promissora, parecendo que ia  render potes, mas foi murchando, murchando e terminou com eu sentado no chão, querendo uma anestesia geral. Bom, voltado ao assunto, estou com uma dor de cabeça terrível e acho que é psicológico. 

Explico. Nunca mais que eu tinha tido uma dor de cabeça , já sofri muito com dores, mas ultimamente nem. Bom, daí que dia desses passei muito mal, virose, infecção, monte de coisas e fui ao médico, ele me receitou um remédio para uma dor no maxilar, mas minha gente, o remédio foi perfeito. Parece que meu organismo acostumou e bate ponto todo dia essa dor horrível. Agora fico com dor para desacostumar do remédio. 

Sou um hipocondríaco, já falei isso por aqui, eu acho. Sou capaz de passar horas falando de remédios, adoro um comprimido e fico achando que tenho um milhão de doenças enquanto converso ou navego na internet sobre isso. Me auto-medico, me dou alta e me examino. Assisto Grey's Anatomy e fico crente que já sou um cirurgião, saio diagnosticando o povo. Mas não tenho a mínima vocação para ser médico. Nem é pelo sangue nem essas coisas, na verdade não suporto ver ninguém sofrendo com dor, sei que estaria alí para cura-lo, tentar pelo menos, mas não rola, comigo não, sou muito coração nessas horas, pode parecer que não, mas sou. Ia sair abraçando todo mundo e prometendo coisas que não se pode prometer, principalmente quando se é médico. 

Então. A dor ainda não passou, na verdade piorou um pouquinho, tá se sentindo estrela, deve ser isso, estou falando tanto dela. De qualquer forma, acho que vou comprar os malditos comprimidos.

0 comentários: