13 de dez de 2008
Opa, opa galerë. Saudades de minhas ressacas no sábado? Pois é, eu não. Mas como pau que nasce torto mija fora da bacia morre torto, eu estou aqui numa força de vontade tamanha para me manter vivo, ou acordado pelo menos.

Bom, explico. Ontem fui todo feliz fazer a prova de Direito, ia me ver livre de mais uma matéria. Mas a profa tava ruim da garganta e numseioque. Acabou que ela marcou outra para a semana que vem. Tá, tá, eu sei que ninguém tá interessado nisso mas confesso que criei esse parágrafo só para poder falar que tirei 10,0[dez, para não restar dúvidas] na segunda nota de direito que ela deu o resultado ontem. Whatever.

Assim que recebemos a nota fomos para a frente do campus tomar uma(s) cervejinha(s) [ontem tinha]. Cerveja vai, cerveja vem. Acho que bebemos todo o estoque do cara, nem voltei para a aula. Mas gente, a cereja do bolo foi... Sim, claro que teve cereja do bolo... Bom, foi um otarinho amigo de um amigo nosso que chegou todo paquito achando que era alguém na noite pq estava de astra, geral cagou pro astra dele e num ato desesperado por atenção ele deu a ré e bateu na moto do nosso amigo, que é o amigo dele [confusão mode off]. Não aconteceu nada, infelizmente, pq eu queria é ver o circo pegar fogo. Vou negar?

P.S.: além do 10,0 [deeeeeeeeez] em direito, tirei um 9,0 [nooooooooove] em psicologia! Atóron.

0 comentários: