Viciado... em série!

16 de dez de 2008
Quem me conhece sabe o quanto eu amo séries. Séries americanas, algumas inglesas e outras brasileiras. Amo mesmo, tipo muito.
Bom, fico querendo que as pessoas gostem das mesmas que eu, pq tipos adoro comentar sobre elas depois de cada episódio. Fico transitando em todos os gêneros: sitcom, drama, dramédia, suspense...

Escolhi algumas para comentar sobre nesse post. São as que estou acompanhando mais no momento, o que não quer dizer que só acompanhe essas.

Grey's Anatomy: Nunca suportei séries médicas, mas Grey's é completamente diferente das outras por abordar o drama de um hospital de forma diferente, não é uma série sobre médicos fodões, é uma série sobre aspirantes a médicos fodões, o que torna tudo beeem mais divertido.















Pushing Daisies:
É a série mais fofa ever do mundo. Uma mistura de conto de fadas com humor negro. Conta a história de Ned, um fazedor de tortas que descobre ainda na infância que pode ressucitar pessoas e outros seres mortos, mas com a condição de que outra coisa deverá morrer no lugar. Assim, ele começa a ajudar a polícia a resolver casos, conversando com o morto durante 1 min, que é o tempo máximo para manter uma pessoa de volta à vida enquanto outra não morre.Infelizmente foi cancelada na segunda temporada, mas ainda acompanho cada episódio com parcimonia para não acabar logo.
















Gossip Girl: Meu Guilty Pleasure favorito. Conta a vida dos jovens, fúteis e multimilionários de Manhatan. Fofoca, sexo, intrigas e muita festa. Sérião, assiste o primeiro episódio e duvido que tu não começe a querer ver mais e mais.

















Fringe:
O desafio aqui é... Assistir os primeiros 10 min. de Fringe e não ficar louco para ver o resto do episódio e depois louco por mais. Fringe aborda mistério, suspense e muita ciência. É do mesmo diretor de LOST, que dispensa apresentações. Mas em Fringe o mistério é desvendado no fim de cada episódio e não tem aquela enrolação [que tanto amamos tb] como em LOST.














Dexter:
Ele é um agente da polícia especializado em sangue e nas horas vagas é um serial killer. Dexter é aquele tipo de série que te deixa confuso, afinal tu está torcendo por um assassino, mesmo que seja um assassino "do bem", já que ele só mata outros serial killers que por brechas do sistema acabam em liberdade. No melhor estilo justiça com as próprias mãos. Fico até decepcionado quando ele não mata ninguém. Não me julguem, assistam Dexter e entendam.

















Enfim, essas são algumas séries que eu muito recomendo. Claro que tem outras e depois pretendo postar aqui, mas por enquanto sijoga nessas.

1 comentários:

má R. disse...

cara, pushing daises foi uma decepção pra mim.
já no segundo dia eu já tava achando chato, repetitivo, longo e uma lengalenga total.
e dessa lista foi a única que vi.
minhas preferidas são: LOST, HOUSE, E.R., law and order: SVU, gilmore girls e acho que só. :D